Buscar

A sorte

O telefone tocou e era ela, a amiga campeã absoluta na arte de tomar fora, toco ou como você quiser chamar o momento em que um homem te deixa na mão. Incansável, já viveu inúmeras situações dramáticas e não se deixou abater. Numa delas, esperou em vão o pretendente num posto de gasolina à noite vestindo somente uma capa inglesa sobre a lingerie para então voltar para casa depois de um telefonema esfarrapado manquitolando nuns belíssimos saltos doze. Fênix, ela renasce cada vez com um batom mais forte.

Você não vai acreditar! Sabe aquele cara bonitão, presidente da Tudo Pelo Impossível, aquela ONG?

Sei.

Tá arrastando a maior asa pra mim.

Puxa, é mesmo?

Eu te disse, estava no tarô, o Louco e o Sol. Marcamos um encontro hoje naquele hotelzinho charmoso aqui perto. Ele mora em Curitiba, lembra?

Fiz que sim. Mais tarde, ela ligou novamente:

Estou aqui preparando a banheira, montei um super clima romântico, velas, pétalas, óleo perfumado. Já tinha feito depilação, olha o sexto sentido! Talvez já abra um champanhe para relaxar.

Ai, que inveja! Bom, me conta amanhã como foi. Boa sorte. Uhu!

Meia hora depois, ela de novo no telefone:

Ele está atrasado, mandou uma mensagem avisando.

Tudo bem, mas vem vindo, não é?

Claro! Estou te ligando de pura ansiedade. Vou colocar sais na banheira, quando ele chegar, estarei na espuma perfumada. Não é uma?

Delícia, amiga. Super sensual. Boa sorte aí.

Mais um tempo e é ela:

Ai, desculpe chamar novamente, mas estou achando estranha a demora. Vou abrir outra garrafa para enganar o tempo. E talvez eu saia um pouco da água porque já estou toda enrugada.

Faça isso, querida. Se embrulha num roupão, também fica sexy. Falamos amanhã. Aproveite.

Duas horas depois o telefone me acorda. É ela:

Você acredita, diz com a voz já meio pastosa, que ele não apareceu nem atende o celular? Eu tinha esperança de que o avião tivesse caído, já chequei, não é o caso. Está vivo e forte em algum outro lugar. Vou ter que pagar a conta e sair amanhã cedo. Cartomante desgraçada!

85 visualizações6 comentários

©2020 by Os Impostores