Buscar

Acordo, não sinto cheiro de flores, vou em frente.

Minha clausura tem um ritmo tedioso. De tomar café, abrir as mesma janelas, olhar o mesmo noticiário, ligar a TV, ler os Impostores.

Psicólogos de brinco tentam suavizar esse internamento obrigatório com sugestões que faço questão de não seguir.

Vivo um dia de cada vez. Não por algum motivo filosófico. Mas porque assim determina o calendário.



49 visualizações2 comentários

©2020 by Os Impostores