Buscar

Auto retrato

Atualizado: Abr 1

Atravessou a rua em passinhos curtos e arrastados, com os cadarços dos tênis amarrando um pé ao outro, como se algemado. Um louco sujo, com o cabelo desgrenhado, a roupa muito rasgada e o olhar altivo, orgulhoso da aparência de presidiário em fuga. Era a verdade naquele momento. A contraditória liberdade de desfilar naquela alegoria traduzia seu estado de espírito. Queria exibir as amarras, a imobilidade, o esforço para seguir, apesar de tudo. Avançou pela calçada caminhando com dificuldade, denunciando a pena imposta a ele por sua história de abandono. E quem viu, fez que não.

44 visualizações1 comentário

©2020 by Os Impostores