Buscar

Cabeças ocas.

Os saltos altos dos sapatos caros

não tocam as ruas da cidade suja.

As cabeças grandes das mulheres ricas

balançam ocas no luxuoso palácio.

O sangue quente das artérias velhas

não chegam ao topo das cabeças ocas.

Os risos frouxos das bocas flácidas

ecoam dentro das cabeças ocas

Das bocas flácidas das cabeças grandes

saem palavras sujas de cheiro forte

As palavras fedem pela cidade suja

e doem na alma das pessoas pobres

Mas os sapatos caros de saltos altos

Ainda equilibram o corpo velho dessa gente baixa

93 visualizações11 comentários

©2020 by Os Impostores