Buscar

Chapéu.

Atualizado: Jun 23

Você percebe que a civilização ocidental não deu muito certo quando ela adota definitivamente a gravata na sua indumentária e desprestigia o chapéu, por exemplo.

A desconfortável e inútil gravata atravessa décadas, inexplicavelmente, (sei que deve haver uma explicação, mas eu não quero conhecer) imobilizando pescoços sem que nenhuma atitude de bom senso seja tomada.

Já o chapéu, o útil e charmoso chapéu, foi perdendo seu lugar no top of mind dos cidadãos civilizados, mesmo com tantos atributos a seu favor.

Mas, vejam.

Muito sol? Chapéu.

Muito frio? Chapéu.

Chuva, garoa? Chapéu.

Acho até que teríamos menor incidência de câncer de pele se usássemos mais chapéu.

Falo com propriedade porque já tive um.

Apesar de ter a impressão masculina do chapéu, vejo, também, muita beleza e elegância nos chapéus femininos.

E a sonoridade da palavra? C H A P É U. Que coisa linda.

Juro. Não tenho uma loja de chapéu, nem um parente que tenha. Apenas acredito na eficácia do adereço.

Noel também acreditava:

“O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu”

Olha aí: molhou o chapéu, mas não o dono,

Fico com o que diz a canção do meu amigo Wandi Doratiotto:

“Eu vou morar debaixo do chapéu”.

E você? Tira o chapéu para o chapéu?

84 visualizações12 comentários

©2020 by Os Impostores