Buscar

E o fósforo ?

Atualizado: Nov 19

A velocidade das coisas surpreende.

A tecnologia, essa sapeca, nos catapulta tão rapidamente para o futuro, que não nos dá tempo de pegar um agasalho, caso esfrie.

Há alguns anos, era necessário chamar uns 3 vizinhos e uns 8 amigos para carregar uma TV 40 polegadas da sala para o quarto.

Em breve, vai ter uma TV dentro dos nossos olhos.

Nos carros, então, os avanços são incríveis.

Tive um, cujo motor ficava dentro do carro. Calor insuportável que era aliviado por um quebra vento.

Hoje, nem preciso dizer quanta tecnologia existe neles.

Tanta, que em breve, eles nem vão precisar da gente pra se locomover.

E a internet, que danadinha. Transformou tudo. Principalmente, as pessoas.

Mas, há de convir, facilitou muita coisa.

O algoritmo, outro danado. Complexo que só ele.

Mas, são tantos os avanços: a medicina, a construção civil, a aventura espacial, a telefonia.

O telefone vale uma saudação. Que espetáculo o celular, não?

Hoje, não consigo ir ao banheiro sem ele.

Modernidade pura.

Mas uma coisa me intriga nisso tudo.

O fósforo.

Por que o fósforo não evoluiu?

Aquela mesma caixinha, os palitinhos lá dentro.

Abre, pega, risca e fiat lux.

Ok, é um resgate das nossas origens? Sim.

Vamos deixar assim?

Não me incomodo. Era só uma curiosidade.

É bom lembrar que o isqueiro veio como uma evolução, mas não tirou o fósforo de cartaz.

Palitos de fósforo sempre serão úteis.

Pelos bancos de praças do Brazilsão é comum vê-los higienizando ouvidos, limpando unhas de muita gente.

E pra mim, antes de abrir a mão, eu cravo: é lona.



68 visualizações5 comentários

©2020 by Os Impostores