Buscar

Helinho Saboya e Cássio Zanatta desinformados sobre turismo.

Atualizado: Out 26

Sim. Os dois impostores se aventuraram em crônicas de viagem.

Nenhum óbice sobre a qualidade literária dos textos eis que os dois impostores são dignos representantes do estilo que fez a fama de Rubem Braga e Paulo Mendes Campos.

Entretanto, não é uma crítica a ferir sensibilidades e sim uma constatação: os textos não trazem qualquer informação útil aos assinantes dessa página que, afinal, pagam 20 reais ao ano .

Por exemplo: qual a melhor hospedagem em Dubai e Las Vegas. É possível encontrar um hotel como o Hotel Santos, em Poços de Caldas, com pensão completa? Nos dias frios, uma suculenta canja no jantar e goiabada com queijo catupiry de sobremesa?

Pergunto: é possível uma estadia em Las Vegas sem obrigatoriedade de assistir a um show de Celine Dion ou a um espetáculo do Cirque de Soleil?

Com todo respeito, Cássio Zanatta, porque devo ir ao Shopping Center de São José do Rio Pardo e não ao de Dubai?

E Helinho Saboya o que o adianta citar os cafetões de Las Vegas sem informar os telefones e custo/benefício?

Enfim, os leitores dessa página (se é que eles existem) merecem, além da indiscutível qualidade literária dos dois citados, informações que tornem agradável uma viagem a Dubai, Las Vegas, São José do Rio Pardo, e até Araras, nesse caso sob receita médica.




242 visualizações3 comentários

©2020 by Os Impostores