Buscar

Histórias da F/Nazca.

Atualizado: Abr 28

Para quem não sabe, eu sou publicitário.

Em 1994 fundei a minha própria agência, em sociedade com o grupo inglês Saatchi & Saatchi e mais dois amigos queridos - Ivan Marques e Loy Barjas.

A F/Nazca Saatchi & Saatchi se transformou, desculpando a falta realista de modéstia, em um dos maiores ícones da criatividade no Brasil e no Mundo, chegando a ser um incontável número de vezes a agência mais premiada do Clube de Criação de São Paulo e de ser apontada a melhor do Brasil em diversas premiações ou publicações, além de também se destacar como a melhor Agência das Américas pelo Advertising Age, Agência do Ano no Clio Awards e Agência do Ano do mais famoso festival do mundo, o Cannes Lions.

Mas, se era uma agência absolutamente técnica e profissional, exigida ao máximo em mundo onde o giro do motor em alta performance é muitas vezes estressante, a F/Nazca também fez escola por sua mentalidade na gestão de pessoas, por criar um ambiente interno leve, alegre, um espaço de liberdade, humano, fértil na formação de longas e profundas amizades (e vários casamentos) que resultava em num lugar entre os mais divertidos para se trabalhar.

Nesse ambiente, claro, muitas centenas de histórias entraram para a antologia da F/Nazca.

Histórias emocionantes, histórias hilariantes, histórias que são lembradas por algumas das gerações de profissionais que passaram pela agência nos seus 25 anos de vida.

Claro que eu não vivi todas, claro que eu não lembro de todas as que eu vivi.

Mas tenho boa memória.

E puxando por ela, e contando com uma ou outra ajuda dos amigos que certamente também vão me ajudar lembrando outras, vou começar a contar as melhores, a partir de amanhã, por aqui.

Quer dizer, à não ser que eu sofra um atentado esta noite.

Mas aí todo mundo já vai saber que foi algumas das, sei lá, 15 mil pessoas, entre funcionários, clientes, fornecedores e parceiros comerciais que a F/Nazca teve ao longo desse tempo.

Ninguém vai se arriscar tanto só para queimar esse arquivo vivo que lhes fal...

126 visualizações3 comentários

©2020 by Os Impostores