Buscar

Merece uma estátua.

As estátuas estão ruindo pelo mundo afora.

Demorei anos na escola pra entender por que aqueles caras eram estátuas.

Agora, de repente, em segundos querem jogar tudo pro alto, ou melhor, pra baixo.

Calma.

Sou a favor de colocar as coisas no lugar.

É importante reformar os valores e a ordem das coisas.

Mas, peraí.

Nem pensem em mexer na estátua do Rivelino no Parque São Jorge. O bicho pode pegar.

Sabemos bem o que descobridores, desbravadores e navegadores aprontaram por essas bandas e acho justo passar a limpo essa lição.

Sobre cavalos, com espadas, rifles, bandeiras. Nos tronos, com livros ou medalhas, deixaram um rastro de destruição social e moral.

É importante rever.

Mas, quem, nós iconoclastas, iremos eleger para colocar no lugar.

Sempre há o herói da vez.

A discussão é boa, válida e precisa de atenção.

Quem merece estátua?

Aliás, lembrei da história do casal que está indo para um churrasco num sítio. Meio perdidos na estradinha de terra, encontram um homem simples da região e perguntam: - Por favor, o senhor conhece o sítio Meu Recanto?

Prontamente, ele responde: - Ah sim... segue aqui... daqui uns 500 metros ôceis vão ver uma porteira com dois “leães” na frente.

O casal surpreso: - “Leães”??

O homem sorri e diz: “Carma! É estauta”.

105 visualizações9 comentários

©2020 by Os Impostores