Buscar

Meus dois pontos de vista.

Eu deveria, agora, discorrer sobre um tema e apresentar dois pontos de vistas diferentes sobre o mesmo. Afinal, essa é a expectativa que o título propõe.

Mas, eu quero falar sobre o que eu estou vivendo nesse momento.

Diplopia Binocular.

Em outras palavras, estou com sequelas de uma meningite que faz com que eu enxergue tudo duplo.

Ou seja, meus olhos, assim como os políticos, têm pontos de vista diferentes e não se convergem para construir uma imagem, um contexto, uma solução.

Fica cada um na sua.

Minha vista esquerda tá mais fraquinha desprestigiada, tem uma graduação maior. Já a direita está num momento melhor, mas é bom ela não se empolgar.

Essa diplopia, que segundo os médicos, deve voltar ao normal em 20 ou 30 dias, me impede de dirigir, andar de bicicleta, e também ver TV, ler por muito tempo, e claro, escrever.

Sempre que insisto, acabo com dor de cabeça.

Como é difícil se concentrar em qualquer coisa que exija a visão, tenho aproveitado para aguçar os dedos e os ouvidos.

Não, não estou tirando cera dos ouvidos com meus dedos. Estou treinando mais os instrumentos que insisto em tocar.

Bem, fico por aqui antes que a dor de cabeça apareça.

Enquanto aguardo as coisas voltarem ao normal, vou acompanhando aqui os textos dos meus brilhantes amigos Impostores.


42 visualizações5 comentários