Buscar

No dia de Fabio e Olivetto a conversa de Ruth e Robbie.

(Do Ad Contrarian)




Trim...

(toca o telefone)

Robbie: Alô

Ruth: Robert, é sua tia Ruth

Robbie: Como vai, tia.

Ruth: Tudo bem, querido.

Robbie: O que você manda?

Ruth: Preciso de um favor.

Robbie: Claro.

Ruth: Meu picles caseiro está vendendo bem. A rede Big Saves disse que pode colocá-lo para vender em suas lojas mas que eu preciso fazer alguma propaganda.

Como você é uma fera da propaganda talvez sua agência possa fazer algum anúncio para mim.


Robbie: Claro.

Ruth: Eu pensei que o anúncio poderia dizer mais ou menos assim “Picles da Tia Ruth-saborosos porque feitos com ingredientes frescos.”

Robbie: Tudo bem… mas preciso saber mais alguma coisa..

Ruth: Tudo bem… como?

Robbie: Bem… precisamos inicialmente entender o consumidor…

Ruth: O consumidor?

Robbie: Sim… aquele que compra coisas…

Ruth: As pessoas compram coisas..

Robbie: Sim…

Ruth: E porque você não chama o consumidor de pessoa?

Robbie: Está certo … é uma pessoa

Ruth: OK então você precisa entender essa pessoa. Por que?

Robbie: Para saber como essa pessoa usa o seu produto.

Ruth: Ela come ué.. de que outra maneira uma pessoa usaria um picles?

Robbie: Bem … mas porque eles comem?

Ruth: Eles comem porque é gostoso.. (PAUSA) … Robbie, você está bem?

Robbie: Nós precisamos saber com quem seu anúncio vai falar.. Na propaganda chamamos isso de target...

Vamos falar com mulheres 20-49 ou homens 25-34?

Ruth: Por que não falar apenas com quem gosta de picles?

Robbie: Você vê.. a percepção do seu brand é importante..

Ruth: Meu o que?

Robbie: O brand é a personalidade do seu produto..

Ruth: Meus picles tem personalidade?

Robbie: Não é o picles que tem personalidade.. é você .. é a personalidade da Tia Ruth Picles

Ruth: A minha personalidade? A minha personalidade é uma merda… quem liga para minha personalidade?


Robbie: Mas Tia Ruth é sua marca.

Ruth: Eu pensei que Tia Ruth fosse meu nome

Robbie: Mas o seu nome é sua marca..

Ruth: E porque você não chama isso de meu nome…. (PAUSA) Robert você está sofrendo do mesmo problema que sofreu na Faculdade?


Robbie: Você sabe que eu prometi nunca mais agir daquela maneira..

Ruth: Por que você fala dessa maneira estranha.? É assim que você fala na sua agência?

Robbie: Em verdade, tia Ruth nós acreditamos que propaganda não é apenas vender seu picles.

Precisamos desenvolver uma relação de amizade entre o consumidor e seu produto através de comunicação integrada que cumpra a expectativa da marca e crie relevantes brand-conversações.

Ruth: Escuta, querido, seu primo Vadinho é muito bom de gramática. Vou pedir para ele escrever o anúncio.


Robbie: Não, não, espere…

Ruth: Robbie, meu querido, adoro você. Nunca faria nada para magoá-lo. Mas, cá entre nós, você e esse pessoal de propaganda são todos malucos.

CLICK.

193 visualizações6 comentários

©2020 by Os Impostores