Buscar

Novos ditados



Quem ama o feio, seu saldo bancário bonito lhe parece.

Uma andorinha não faz verão. Tampouco trinta e quatro.

É de menino que se torce o pepino. Isso, se alguém conseguir torcer um pepino.

Amor com amor se paga, uma ova, disse a prostituta.

Quem foi para Portugal perdeu o lugar. E a compreensão do que é rima.

O apressado come cru o peixe no balcão do japonês na praça da alimentação do shopping.

A pena é mais forte que a espada. Aguardemos a confirmação se isso ainda vale para canetas Bic.

Quem com ferro fere com ferro será ferido, a não ser que conte com um bom advogado.

O que seria do azul se todos gostassem do amarelo? Ah, sei lá, tem uns ditados que eu vou contar.

Quem tudo quer, tudo perde, com exceção do George Soros.

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura. E tomara que isso não funcione no caso de usinas nucleares.

A pressa é inimiga da perfeição. Mas vá explicar isso para o chefe cobrando o relatório.

Para bom entendedor, meia palavra bas.

Deus escreve certo por linhas tortas. É que, no sétimo dia, Ele descansou, bem quando ia criar a página pautada.

De grão em grão, o agroempresário enche o papo.

Filho de peixe, peixinho é. Mas isso não tem ocorrido entre os filhos de santistas.

Cão que ladra não morde, disse o sujeito dez minutos antes de entrar na enfermaria.

À noite todos os gatos são de Rio Pardo.

De médico e louco todo mundo tem um pouco. E de técnico de fute