Buscar

O céu e o inferno do jazz.

Atualizado: Abr 18

Ele era saxofonista. Adorava e tocava jazz. Apenas jazz.

Tinha 47 anos quando um mal súbito o levou para o andar superior.


Chegando lá, encontrou São Pedro que o acolheu, mas foi logo dizendo:


- Meu filho, você terá que escolher onde pretende ficar. No céu ou no inferno.

Por isso, o levarei aos dois lugares para que você os conheça e, assim, decida.


O saxofonista acompanhou São Pedro até a primeira porta onde estava escrito CÉU.

Abriu uma fresta e mostrou-lhe um lugar lindo, bucólico. Pessoas passeando calmamente entre borboletas e pássaros coloridos. Lagos, rodeados de muito verde. Enfim, uma paz inigualável.


Fecharam a porta do céu e seguiram adiante até encontrar a outra porta onde estava escrito INFERNO.

Abriu também uma pequena fresta e mostrou-lhe um lugar escuro, barulhento, com muita fumaça de cigarro.


Mas o músico notou que ali, num canto, tinha gente conhecida. Sentados, conversando e rindo muito, estavam Charlie Parker, Dizzy Gillespie, Miles Davis, Thelonious Monk, Chet Baker, Bill Evans, Art Blakey, Oscar Peterson, Dexter Gordon e muitos outros artistas que ele cultuou a vida toda.


São Pedro fechou a porta, carinhosamente apoiou sua mão sobre os ombros dele e disse:

- E então, meu filho, decidiu?


O músico não teve dúvidas: inferno.

Imagina… tocar com todos aqueles mestres do jazz, conviver com eles diariamente. De inferno não tinha nada. Era, na verdade, um paraíso.


São Pedro atendeu o seu pedido, e como o Silvio Santos no Show do Milhão, se certificou:

- Você está certo disso?


O músico entrou eufórico. Ainda tímido, se manteve perto da porta, observando seus ídolos. Estava em êxtase.


De repente, todas aquelas lendas do jazz se dirigem para um palco e se ajeitam com seus instrumentos.

Um homem mais velho com longos cabelos brancos, vestido num terno também branco, se aproxima e se posiciona à frente de todos eles.


Um, dois, três, quatro.


E Ray Connif começa a reger aquela orquestra de gênios da música tocando “Besame Mucho”.

- Ua ua ua… Ua ua ua ua ua ua ua …


Um fresta da porta, atrás do músico, se abre e São Pedro sussurra baixinho para ele:

- Entendeu porque aqui é o inferno?

36 visualizações2 comentários

©2020 by Os Impostores