Buscar

O rojão.

Atualizado: Set 7

Quem foi que inventou o rojão?

E mais, quem deu o nome de rojão?

O nome é cafona, grosseiro, no aumentativo, tipo “o barulhentão”.

A ideia não era rimar.

Mas quem inventou o rojão deve ter sido um tremendo babacão.

E a pergunta chave: qual a finalidade do rojão?


- Ei, o que é isso?

- Um rojão! Acabei de inventar.

- E pra que serve?

- Ah... sei lá... fazer um estrondo.

- Pra quê um estrondo?

- Não sei, acabei de inventar.

Mas o ser humano se supera e cria significado para as coisas.

É pra isso que ele nasce e cresce. Pra encher o saco de outro ser humano.

Lá vai o sujeito correndo pegar o rojão.

Observe como ele está excitado.

Acendeu o pavio, apontou o rojão pra cima e, está absorto, quase babando.

Pronto. Conseguiu a sua ejaculação. Precoce, claro.

Olhou para os lados pedindo aprovação dos demais, sorriu balançando a cabeça rapidamente.

- Esse foi foda hein?

No cérebro oco do sujeito, ecoa a felicidade daquele momento.

Ele acredita que aquilo é a extensão dos seus braços. Ele tem um superpoder. Faça-se um estrondo, agora!!

E encha o saco de todos os outros seres do mundo!

Sua alegria está explodindo nos céus.

Mas, nesse delírio egoísta, ele matou passarinhos de susto, apavorou cães e gatos, assustou algumas pessoas autistas sensíveis a barulho e ainda incomodou idosos em profusão.

Enquanto os países mais desenvolvidos extinguem o rojão das suas vidas, o brasileiro cria mais significados pra ele.

Ele, agora, é um sinalizador do narcotráfico.

Parece que algumas fábricas do artefato também estão nas mãos criminosas.

A extinção desse objeto está em curso no STF, se não me engano (meus amigos Cañadas e Helinho podem ajudar nisso).

Algumas coisas no mundo não fazem mais sentido, e rojão é uma delas.

Se um dia o rojão for proibido, vou comemorar.

Vou explodir de alegria.




77 visualizações6 comentários

©2020 by Os Impostores