Buscar

Um certo boteco em Casablanca.

Atualizado: Abr 7

Rick's Café era o único boteco decente em Casablanca, lá pelos anos 40.

O dono, como se vê, era o Rick, um americano de estatura média, cabelos pretos, cara de gangster, sempre impecável num summer com assinatura de Hugo Boss, o mesmo criador dos uniformes dos militares nazistas.

Os frequentadores não se misturavam. De um lado, os alemães da SS.

De outro, os Heróis da Resistência francesa, reconhecidos pelo mau humor que exalavam mesmo à distância.

Bar especializado nos drinks da época, Old Fashioned, Sidecar, Dirty Shirley, Manhattan.

Música ao vivo com o pianista Teddy Wilson que, entediado, percorria o teclado. Famoso por sua parceria com Benny Goodman, lamentava ter aceitado o emprego na espelunca onde alemães pediam canções desconhecidas como A Bota Engraxada do nosso Guia ou a Esposa Sirigaita do General.

Teddy morria de saudade de Nova Iorque, do Radio City Music Hall e dos sanduíches de pastrami.

Tudo corria na normalidade quando um Herói da Resistência descobriu que Ricky comia sua mulher no andar de cima do Café.

Irado, atirou 8 vezes no americano. Só acertou uma: fatal.

Foi o fim do boteco, agravado pelo fato de os alemães terem sido convocados para lutar na frente russa.

Viajaram, otimistas, cantando a Bota Engraxada do nosso Guia e a Esposa Sirigaita do General.

O pianista aceitou emprego no Hotel Esplanada em São Paulo.

Tornou-se famoso também como compositor do sucesso Coruja, com Deny e Dino e a Esposa Sirigaita do General, na voz de Martinha, o queijinho de Minas.

43 visualizações3 comentários

©2020 by Os Impostores