Buscar

Um impostor entre nós

- Os Impostores, bom dia.

- Oi. Aqui é o Cássio Zanatta.

- Cássio! Seja bem-vindo, adoramos que você topou entrar para o time.

- Pois é, estou ligando por isso mesmo. Não fui eu que aceitei.

- Como?

- É meio difícil explicar, mas quem está escrevendo para vocês não é o Cássio Zanatta não. É um impostor.

- Não pode ser.

- Não só pode, como está acontecendo. E isso está me tirando o sono.

- Entendo.

- Já, já, o Cássio impostor começa a escrever coisas que eu jamais diria. Falar mal de São José do Rio Pardo. Tecer um ode à sambuca. Traduzir para o português letras de funk. Ou (ai) elogiar o Alexandre Pato.

- De fato, é grave.

- Não posso me expor assim. Tenho um nome a zelar e seguidores a incluir.

- E agora?

- Vamos fazer assim: vou começar a enviar textos para vocês. Muitos. Aos borbotões. Hordas de letras. Farândulas de linhas. Alcateias de parágrafos. Assim, quando o Cássio impostor quiser publicar, eu terei chegado antes.

- É boa.

- Vou começar agora mesmo. Daqui a pouco mando o primeiro.

- O segundo, você quer dizer. Este é o primeiro.

- Mas isto não é um texto! Quer dizer, é. É e não é.

- Hum. Sei não, mas acho que eu estava gostando mais dos textos do outro Cássio. O impostor. Pede para ele mandar mais?

- Mas eu mal conheço este impostor!

- Tudo bem. Você finge que é ele, e ele, que é você.

- Você acha que isso pode dar certo?

- Não. Mas logo saberemos. Ah, outra coisa: você ligou errado. Aqui não é dos Impostores.

176 visualizações9 comentários

©2020 by Os Impostores